De janeiro a agosto deste ano, a Agência do Trabalhador de Cascavel registrou 1.052 atendimentos às pessoas com deficiência. A demanda é praticamente o dobro do número de vagas reservadas a esse público para o período: 557.

A maioria dos casos é de pessoas que tentam se recolocar no mercado formal de trabalho e que estão em busca de uma nova oportunidade. A abertura dessas vagas é garantida por lei e fiscalizada por um auditor fiscal da agência em Cascavel.

A abertura de vaga destinada à classe é diferente apenas em um detalhe em relação às demais: para concorrer é necessário preencher um requerimento específico do Programa da Pessoa com Deficiência.

Para os que permanecem desempregados, a terça-feira (25) será uma nova chance para ingressar em um novo trabalho. É nesse dia que a Agência do Trabalhador dedica os atendimentos exclusivamente às pessoas com deficiência, a partir das 8h. Aos surdos haverá intérpretes de Libras.

Protesto

Nesta sexta-feira (21) um protesto marca o Dia Nacional da Luta das Pessoas com Deficiência, lembrado hoje. A manifestação será em frente à Prefeitura de Cascavel, às 11h.