Exames de covid-19 de Bolsonaro são entregues ao Supremo

Segundo Advocacia-Geral da União, laudos confirmam testes negativos

A AGU (Advocacia-Geral da União) informou na noite dessa terça-feira (12) que entregou ao ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski os laudos dos exames de covid-19 realizados pelo presidente Jair Bolsonaro.  Segundo a AGU, os laudos confirmam que Bolsonaro testou negativo para o novo coronavírus.

Quando usar máscara de pano

Em março, o presidente informou que testou negativo nos dois exames que realizou.

Desde então, a partir de uma ação movida pelo jornal O Estado de S. Paulo, a Justiça de São Paulo vinha determinado que a AGU apresentasse o laudo para comprovar o resultado.

Na sexta-feira (8), o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, suspendeu a decisão do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) que obrigou o governo federal a apresentar à Justiça os exames. Na decisão, Noronha entendeu que é assegurado ao presidente e a todos os cidadãos a proteção à intimidade.

Na segunda-feira (11), o jornal recorreu ao STF e o ministro Ricardo Lewandowski foi escolhido relator do caso. Ainda não houve decisão do ministro.

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

quinze − doze =