Estreia de Cristiano Ronaldo pela Juventus na Liga dos Campeões terminou mais cedo do que o craque esperava. Ele ficou apenas meia hora em campo, ontem, até ser expulso depois de o árbitro Felix Brych ter considerado que ele agrediu o zagueiro Murillo, do Valencia. CR7 recebeu o cartão vermelho direto, o que causou muitos protestos por parte dos jogadores e do técnico Massimiliano Allegri e levou o português às lágrimas, muitas lágrimas. No fim, o time italiano deixou a Espanha com uma vitória por 2 a 0, com dois gols de pênalti marcados por Pjnanic, que abriu o placar aos 45min da etapa inicial e ampliou logo aos 4min do segundo tempo.