O governo do Estado vai construir quatro trincheiras no trecho da BR-277 que corta o Município de Paranaguá, no litoral do Estado. A execução dos projetos foi confirmada nessa quinta-feira (22) com a anuência do Ministério dos Transportes, uma vez que a rodovia é federal.

Para assegurar a sequência do processo, a governadora Cida Borghetti e o ministro Valter Casimiro assinaram um convênio que prevê a delegação de sete quilômetros da rodovia ao Estado. A assinatura ocorreu durante ato de entrega de obras no Porto de Paranaguá.

A autorização da União para as obras tinha sido pedida pela governadora Cida Borghetti em uma reunião com o ministro em Brasília realizada no fim de outubro. A estimativa é de que a construção das trincheiras custe cerca de R$ 10 milhões, bancados pela Appa (Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina).

Para a execução das obras, o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) passou a delegação de um trecho de quase sete quilômetros da BR-277 para a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística. O convênio tem um prazo de 730 dias, prorrogável por igual período.

As trincheiras serão construídas na interseção da BR-277 com a Avenida Senador Atílio Fontana; no KM 5; na ligação da Avenida Ayrton Senna com a Estradinha; e na Avenida Santa Rita.