O Paraná ativou 126 leitos exclusivos para atendimento covid-19 neste mês de abril. Desses, 89 são UTI e 37 enfermarias. Ao todo, foram 11 ampliações em oito municípios. Somente nessa quarta-feira, 40 de UTI foram disponibilizados no Hospital Universitário de Londrina.

“Nesses 28 dias, é como se o Paraná tivesse aberto um hospital de campanha com mais de 100 leitos para atendimento à doença. Esse esforço de ampliação segue a orientação do governador Ratinho Junior e o objetivo do governo do Estado em não deixar nenhum paranaense desassistido”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Março deste ano foi o mês com mais ativações de leitos desde o início da pandemia. Foram 106 ampliações em 31 dias, somando 1.435 leitos, sendo 480 de UTI e 955 enfermarias.

“Entre fevereiro e março, com a circulação de novas cepas no Estado, tivemos um aumento significativo no número de casos e internamentos, e por isso precisamos reorganizar a rede hospitalar para prestar atendimento a mais pessoas do que a média que vinha sendo atendida”, explicou Beto Preto.

Dados da Regulação de Leitos Estadual mostram que o Paraná soma 4.663 leitos exclusivos covid-19, sendo 1.898 leitos de UTI e 2.765 enfermarias. A ocupação dos leitos UTI é de 91% e dos leitos de enfermaria 71%.

Foto: Rodrigo Félix Leal/Arquivo


Saúde confirma mais 3.885 casos e 210 óbitos pela covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nessa quarta-feira (28) mais 3.885 casos e 210 mortes pela covid-19 no Paraná. Os dados acumulados do monitoramento da doença mostram que o Estado soma 932.890 casos confirmados e 21.870 mortes.

Os casos divulgados nessa data são de janeiro (148), fevereiro (92), março (181) e abril (3.375) de 2021, e o restante de 2020. O total de casos ativos (com capacidade para transmissão) é de 238.332.

Estavam internadas 4.812 pessoas em leitos exclusivos para tratar covid-19, das quais 2.142 em UTI.

Das mortes informadas ontem, tratam-se se 90 mulheres e 120 homens, com idades que variam de 25 a 93 anos. Os óbitos ocorreram de 8 de novembro de 2020 a 27 de abril de 2021.

A média móvel de mortes (de sete dias) segue em queda e ontem era de 61, índice 55,4% menor que a média de 14 dias atrás.