Para comprar a estrutura do antigo Atacado Liderança, a Prefeitura de Cascavel encaminhou pedido de autorização à Câmara de Vereadores para a contratação de um empréstimo de R$ 28 milhões. O recurso seria obtido na Caixa Econômica Federal pelo Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento), e, conforme simulação com desbloqueio em novembro deste ano, o Município teria carência de 24 meses e amortização de 96 meses. De juros a prefeitura desembolsaria R$ 17,5 milhões até 2028 – totalizando R$ 45 milhões a conta. Como garantia do pagamento do empréstimo, a prefeitura dá o saldo do FPM (Fundo de Participação dos Municípios).

A proposta ainda depende dos pareceres da Comissão de Redação e Justiça e também da Comissão de Economia e Finanças.

No argumento apresentado aos vereadores, o Executivo alega que o crescimento da cidade nos últimos 20 anos foi além do previsto: de 245 mil habitantes em 2000 para 320 mil em 2018 e com projeção para 365 mil para o ano de 2030; também dobrou o número de empreendimentos, passando de 5.365 empresas para 10.619, segundo dados da Rais (Relatório Anual de Informações Sociais).

O Executivo alega que o Centro de Eventos Pedro Luiz Boaretto é pequeno para a demanda, além disso, os pilares do salão principal impedem eventos.

O prédio do Liderança foi alvo de recuperação judicial e custaria R$ 44,6 milhões conforme avaliação imobiliária de leilão, com oferta mínima de R$ 28 milhões, que acabou deserto por falta de interessados. Diante da situação, a prefeitura apresentou proposta de pagar o valor em acordo amigável – decisão acatada pelos credores.

Para o novo Centro de Convenções, a prefeitura planeja “grandes eventos e exposições, além de pequenas convenções”.

Em mensagem aos parlamentares, o Executivo diz que, “além dos eventos supracitados, o espaço tem todas as condições de receber eventos musicais, culturais e esportivos, que atualmente não podem ser realizados por conta da precariedade da infraestrutura do atual Centro de Eventos”.

Outra ideia é implantar o polo têxtil em Cascavel – com pequenas empresas do setor no Centro de Convenções, além de espaços para “criação, desenvolvimento tecnológico e inovações para o mercado da moda”.

Com a compra, a prefeitura confirma que o atual Centro de Convenções, na Avenida Rocha Pombo, seria transformado em um Centro de Distribuição Municipal de Cascavel (Almoxarifado Central), pois hoje são sete espaços locados para utilização de Almoxarifado, a um custo de R$ 600 mil ao ano.

 

O que tem no Liderança?

Área total de 68.677,37 metros quadrados, com área edificada de 17.494,77 metros quadrados, área do salão principal: 10 mil metros quadrados. Estacionamento e pátio de manobras com 24.568 metros quadrados: aproximadamente 350 vagas de estacionamento para carros e ônibus. Restaurante e praça de alimentação com capacidade para 150 pessoas; Cozinha e refeitório com capacidade para 70 pessoas. Auditório equipado com capacidade para 150 pessoas; Hotel com nove quartos e 28 leitos. Ar-condicionado central.