Ainda neste ano, dois importantes projetos para a rede municipal de ensino serão tirados do papel: a construção da nova sede da escola municipal Cândido Portinari, no Jardim Petrópolis, e a reforma da escola municipal Três Bandeiras, no bairro Três Bandeiras. As duas obras da Prefeitura de Foz do Iguaçu atendem a solicitações da própria população, feitas por meio do Orçamento Participativo.

Os dois projetos foram finalizados pela Secretaria Municipal de Planejamento e Captação de Recursos e estão na fase de conclusão da planilha orçamentária. A próxima etapa é o encaminhamento para a licitação, o que deve acontecer até maio.

“São projetos modernos que atenderão a comunidade escolar das regiões e trazem soluções para demandas encaminhadas pela própria população. Os arquitetos, engenheiros e técnicos da secretaria estudam os detalhes de cada local para criar projetos específicos para cada setor”, afirmou Leandro Costa, secretário de Planejamento e Projetos Estratégicos.

Escola Municipal Cândido Portinari

A nova sede da Escola Municipal Cândido Portinari será construída em frente a atual, no terreno localizado entre as ruas Gaspar e Macaé. A área construída será de aproximadamente 1.800 m², com seis salas de aula, sala de multimídia, sala de informática, biblioteca, sanitários adaptados para pessoas com deficiência, cozinha, refeitório, setor administrativo, área de recreação e quadra poliesportiva coberta.

O projeto arquitetônico é coordenado pela arquiteta e urbanista, Angela Madeira, ex-aluna da escola. “É muito gratificante poder retribuir todo o conhecimento que adquiri ali montando um projeto que irá atender novamente a tantas famílias da região. Pensamos em uma construção moderna, que irá garantir uma formação completa para os alunos”, contou a arquiteta.

Escola Municipal Três Bandeiras

De acordo com a Secretaria de Planejamento, a estrutura física da Escola Municipal Três Bandeiras está em boas condições e receberá melhorias na acessibilidade, adequações do sistema de combate e prevenção de incêndio e pânico, e ampliação da edificação, com novos espaços pedagógicos para atender o aumento da demanda na região.

Atualmente, a escola possui uma área construída aproximada de 1.350 m² que será ampliada em mais 500 m², com a construção de quatro novas salas de aula, um novo laboratório de informática, novos sanitários adaptados para Pessoas Com Deficiência (PCD), além da reformulação da área de cozinha e refeitório.

Os acessos de veículos, pedestres e serviços serão readequados. Os veículos terão acesso pela Rua Franco Velasco, onde será o novo estacionamento. Os pedestres chegarão pela Rua João Câmara Filho, enquanto a entrada de serviços será na Rua José Soares de Araújo, onde será feita uma adequação de acessibilidade.

Também serão construídos muros ao redor das três quadras poliesportivas inauguradas em 2020, para melhorar a segurança do local e manter um bom uso do espaço.

Orçamento participativo

O Orçamento Participativo é uma ação do Governo Municipal de Foz do Iguaçu que permite à população escolher, de forma democrática, quais ações são prioritárias para as regiões dentro do orçamento disponibilizado pelo município. Apesar de ter sido criado por uma Lei Municipal em 1999, o Orçamento Participativo só passou a funcionar em 2019.