São Paulo – Já precificando a sanção do Orçamento de 2021, o dólar tocou ontem no menor nível desde fevereiro, fechando em baixa de 1,73%, cotado a R$ 5,4546. O movimento veio na contramão de outras moedas emergentes, que caíram ante a divisa americana. No mercado de ações, a Bolsa brasileira (B3) seguiu o mau humor de Nova York e caiu 0,58%, aos 119.371,48 pontos, perdendo o importante patamar dos 120 mil pontos.

Com isso, o real teve dia de fortalecimento e o melhor desempenho mundial, considerando uma cesta de 34 moedas mais líquidas. No melhor momento do dia, a moeda americana chegou a cair 1,82%, a R$ 5,4496, no menor nível desde 25 de fevereiro. A moeda para maio fechou em queda de 2,13%, a R$ 5,4515.