Curitiba – O Detran-PR (Departamento de Trânsito do Paraná) iniciou nesta semana processo de reciclagem de 2.232 veículos que estão em pátios da autarquia em Curitiba. Carros e motos são prensados e, mais tarde, serão transformados em pregos, arames e pó de ferro.

“O Detran tem intensificado os leilões com o objetivo de liberar os pátios ocupados por veículos apreendidos em todo Estado. A modalidade reciclagem evita o reaproveitamento de peças e contribui para o meio ambiente e a saúde pública”, esclarece o diretor-geral do Detran, Marcello Alvarenga Panizzi.

Em 2018, foram leiloados mais de 12.400 veículos nas três modalidades, circulação, sucata e reciclagem. No pátio, localizado no Bairro Cidade Industrial, em Curitiba, o processo reciclou 1.200 veículos. Na sede do Detran, no Tarumã, foram prensadas mil motocicletas e mais de 100 carros.

Procedimento

Antes de serem destruídos pela prensa, os veículos passam por um processo de descontaminação, descaracterização e trituração. Assim, o Detran evita a contaminação do solo com produtos químicos como óleo e combustíveis, além de água parada e focos do mosquito transmissor da dengue.

Neste ano o Departamento já realizou nove leilões de veículos para circulação, três para sucata e um para reciclagem, no mês de setembro, cujo processo de prensa está em andamento.