Publicidade

AUTOMÓVEIS

De quem é a preferência em entroncamentos sem placa?

28 de novembro de 2023 às 10:59
TOKYO, JAPAN - OCTOBER 2017 : Top view of Undefined Japanese people crowd are walking to crosses the street between the buildings of Ginza JR station which is district on October 28, 2017 in Tokyo, Japan.
Publicidade

Muitas vias, apesar de movimentadas, podem não ter a sinalização adequada para o condutor. Esse é o caso de alguns entroncamentos e alguns tipos de cruzamentos – como os em T -, o que acaba deixando o motorista com dúvida sobre quem tem a preferência naquele momento.

Para ajudar a esclarecer essa questão, a LeasePlan/ALD Automotive, líder global em mobilidade sustentável que oferece serviços de locação, terceirização e gerenciamento de frotas, separou algumas explicações sobre como funciona a preferência.

Qual é a diferença entre preferência e prioridade? Apesar de serem palavras sinônimas no dicionário, quando o assunto é trânsito, preferência e prioridade são diferentes. O mais importante aqui é entender que prioridade de trânsito se refere a veículos, que por força maior, tem direito a passar antes de outros veículos independente de quem tem a preferência no local em que se cruzam. Esse é o caso de ambulâncias, carros de polícia e de bombeiros quando estão com a sirene ligada – indicando que há alguma ocorrência.

Já quando falamos em preferência, estamos falando sobre situações corriqueiras do trânsito, em que veículos, dependendo da posição que se encontram, vão ter a preferência de passagem por um cruzamento.

Tudo o que é necessário entender sobre preferência no trânsito – No CTB (Código de Trânsito Brasileiro), há algumas leis básicas para entendermos melhor sobre a preferência no trânsito. Em resumo, quando há vias que se cruzam sem sinalização, a preferência é do veículo que estiver à direita do condutor. No caso de rotatórias, a preferência será daquele motorista que já estiver circulando por ela. E quando o fluxo for proveniente de uma rodovia, a preferência será de quem já estiver circulando por ela. Além disso, veículos como trens, que se deslocam sobre trilhos, sempre terão preferência de passagem, já que seus freios não são tão rápidos como os de um carro de passeio, por exemplo.

Preferência em cruzamentos em T, em Y, em cruz e entroncamentos – Quando há sinalização, como uma placa de pare ou de preferência (placa R-2), a sinalização é predominante. Porém, quando a via não tiver sinalização sempre siga a regra de que a preferência será de quem estiver à direita do condutor.

Ainda que seja comum pensar que, em avenidas movimentadas, a preferência será de quem já está transitando por ela, é importante sinalizar que este pensamento está errado! Mesmo em avenidas, a preferência será de quem estiver à direita do condutor.

Crédito: Divulgação

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE