Cultos devem continuar suspensos em Umuarama

As decisões no enfrentamento à covid-19 são tomadas pelo Executivo

O COE (Centro de Operações de Enfrentamento ao Coronavírus) reuniu ontem (27), representantes de organizações religiosas de Umuarama para discutir a possibilidade de missas e cultos abertos ao público. A reunião foi solicitada pela Secretaria de Saúde, após conversas entre o prefeito Celso Pozzobom, padres e líderes religiosos, sobre prevenção e combate à epidemia em setores que envolvem concentrações públicas.

Quando usar máscara de pano

As decisões no enfrentamento à covid-19 são tomadas pelo Executivo com orientações técnicas e científicas, ouvindo médicos, representantes dos hospitais e o Ministério Público, bem como as indicações do governo do Estado e do Ministério da Saúde.

Ontem, manifestações dos religiosos, do MP, da 12ª Regional de Saúde e da Procuradoria-Geral do município, o COE reafirmou a indicação de que as igrejas permaneçam transmitindo suas atividades pela internet (online) e recebendo os fiéis individualmente.

O prefeito Celso Pozzobom lembra que o município tem seguido as orientações da OMS, do Ministério da Saúde e do governo do Estado e, que a questão dos cultos ainda está aberta.

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

18 + 3 =