A Secretaria Municipal de Saúde de Cascavel compartilhou nesta segunda-feira (31) os dados referentes ao relatório do Governo do Estado quanto ao monitoramento da covid-19 por macrorregiões. Na média móvel comparativa dos últimos 14 dias o Paraná teve um crescimento de 3,6% no número de novos casos.

No entanto, a quantidade de óbito houve uma redução de 34,8% em todas as regiões do Estado em comparação com 14 dias atrás. Na classificação por regionais de saúde a 10ª Regional de Cascavel aparece na 4ª posição de novos casos (1492 por 100 mil habitantes); já em relação a média de óbitos, a região Oeste está na 6ª colocação caindo duas posição em termos de letalidade (28,8 por 100 mil habitantes).

Outro dado importante registrado pelo Informe Estadual de Saúde é quanto a evolução da covid-19 semana a semana: a região Oeste apresentou um crescimento de 8,3% no número de novos casos em comparação entre as duas últimas semanas de agosto.

O novo boletim municipal da covid-19 não registrou óbito nas últimas 24 horas e continua a registrar taxa alta de recuperados do novo coronavírus: 5.966 pacientes desde o início da pandemia, ou seja, 95,2%. A taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para tratamento contra a covid continua baixa em Cascavel: 39%; na enfermaria, 44% dos leitos exclusivos estão ocupados.

“Hoje Cascavel apresenta risco baixo para contaminação pelo novo coronavírus. Isso não quer dizer que a doença acabou, nota-se que para manter o grau de risco menor é preciso continuar investindo no uso das barreiras mecânicas (máscara, higienização das mãos e distanciamento social).”, alertou o secretário municipal de saúde, Thiago Daross Stefanello.

“Dias mais quentes favorecem o relaxamento por alguns cidadãos pelo desconforto que as máscaras, por exemplo, proporcionam em determinadas atividades. Neste momento de pandemia, as readaptações ao estilo de vida seja profissional ou social é de extrema importância para evitar o adoecimento precoce das pessoas”, finalizou Thiago.

Boletim

O boletim de Cascavel desta segunda-feira (31) apresenta 6.261 casos confirmados desde o início da pandemia. Os pacientes que estão com o vírus ativo no organismo são 174 e 5.966 já estão recuperados.
Dos casos ativos: 135 estão em isolamento domiciliar, 21 estão internados em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 18 em enfermarias.
Desde o início da pandemia foram registradas 121 mortes.

Clique aqui e veja o boletim completo.