O Conselho Nacional de Trânsito – Contran – publicou a resolução nº 886, que já consta no Diário Oficial da União, que apresenta o novo desenho da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O novo modelo começará a ser emitido partir de 1º de junho de 2022, a medida que os condutores forem renovando ou emitindo a segunda via.

Não haverá necessidade de troca imediata para o novo padrão e o documento poderá ser expedido em meios físico, digital ou ambos, cuja escolha ficará à critério do condutor.

A nova CNH tem predominância das cores verde e amarelo e trará uma tabela para identificar os tipos de veículos que o motorista está apto a conduzir.

A primeira coluna terá a categoria da CNH, seguida por uma imagem do automóvel e a indicação se o dono do documento está habilitado para dirigir aquele tipo de veículo.

Outra novidade é a inclusão da letra “P”, para indicar que o condutor tem apenas permissão para dirigir, ou “D” para apontar que o motorista já tem CNH definitiva.

O documento também mostrará se o condutor utiliza a CNH para o exercício de atividade remunerada e terá um campo para constar as restrições médicas.

A nova CNH manterá o QR Code, já disponível nos documentos emitidos a partir de 2017.

O código vai armazenar todas as informações do documento, inclusive a fotografia, com exceção da assinatura do motorista.

(Contran)