Conheça cinco benefícios do estudo na fase pré-escolar

Criança que tem contato com números e letras cedo amplia as habilidades cognitivas e emocionais

A primeira infância é crucial no desenvolvimento de uma pessoa. É nesse período que a criança começa a registrar e a desenvolver diversas perspectivas da vida, como comportamental social, evolução cognitiva e até mesmo em aspectos físicos. Lições assimiladas neste período de crescimento serão levadas para vida inteira.

A criança que tem contato com os números e as letras desde cedo amplia a criatividade e as habilidades cognitivas e emocionais. Além disso, a familiaridade com a escrita facilita a alfabetização e ajuda em todas as disciplinas, já que o principal suporte para o aprendizado na escola é o livro didático.

Mariana Bruno Chaves, formada em Letras e especialista em Arte-Educação, Psicopedagogia e Literatura Infanto-Juvenil, é responsável pelo desenvolvimento de material didático de Língua Pátria do Kumon. E é ela quem listou cinco benefícios do estudo para crianças na fase pré-escolar.

  1. Trabalha a coordenação motora

Coordenação motora é a capacidade de controlar os movimentos do corpo, sendo muito importante tanto para a vida acadêmica quanto para a formação pessoal da criança. Por isso, as atividades pré-escolares priorizam esta habilidade, para ajudar os estudantes a segurarem os instrumentos de escrita de forma correta visando o progresso.

  1. Inicia o gosto pelos estudos

Os pequenos têm facilidade para assimilar novos conteúdos. Logo, quanto mais estímulos eles receberem na infância, maior será seu desenvolvimento escolar e cultural no futuro. Isso acontece porque o cérebro se expande e trabalha para enraizar conhecimentos.

  1. Desenvolve a concentração e a autonomia

Nesta fase já podemos começar a trabalhar a concentração e a autonomia. O nível de dificuldade das atividades aumenta gradualmente e a criança aprende brincando. O ideal é proporcionar um ambiente prazeroso para que ela assimile o conteúdo com mais facilidade.

  1. Estimula o gosto pelo estudo

É importante inserir exercícios com traços lúdicos, incentivando não só o esforço e a dedicação, mas também a imaginação e a criatividade. Assim, além de aprimorarem a coordenação motora, a concentração e o raciocínio lógico, os estudantes se sentem motivados a continuar aprendendo.

  1. Insere no mundo da leitura

Mesmo antes da alfabetização é importante estimular as crianças para terem curiosidade e interesse pela leitura. A construção de um bom hábito de leitura deve ter o incentivo da família e começar o quanto antes.

 



Fale com a Redação

três × 4 =