Reportagem: Milena Lemes

Regidos pela animação, os cerca de 1,5 mil idosos garantiram o sucesso da oitava edição do Felicidade do Idoso, realizada ontem no Parque de Exposições Celso Garcia Cid, em Cascavel.

A novidade foi o concurso de Miss e Mister da Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná), que reuniu 30 casais, que deram um show de elegância, charme e, claro, beleza.

Apesar da disputa acirrada, o casal de amigos Evaldo Phillippus e Marli Wagno venceu o concurso e garantiu a vaga para participar do Miss e Mister Terceira Idade da Amop em Quatro Pontes, no dia 26 de outubro.

Marli revela que, quando convidou Evalado para participar, não imaginava que pudessem ganhar o concurso. “Nós entramos no concurso apenas por diversão, com a consciência de que haveria outras pessoas competindo, então ficamos muito felizes com o resultado”.

Os casais classificados em segundo e terceiro lugares ganharam faixas e lembranças de participação.

Iracema Simão participou do concurso com o marido, Luiz Simão, e conta que o importante é se divertir: “Para que ficar dentro de casa quando se pode participar de eventos assim? Nós sempre participamos do Felicidade do Idoso e prestigiamos o evento que valoriza a terceira idade”. O casal ficou em terceiro lugar no concurso.

A diversão seguiu o dia todo. Após o almoço, foi o baile quem comandou o público.

Agora eles esperam o dia 31 de outubro chegar para mais uma edição.

Serviços

Já tradição no Felicidade do Idoso, quem passa pelo Parque de Exposições pode conferir como vai a saúde, por meio de diversos exames e dicas. Caso do Benedito de Souza, 70, que foi pela primeira vez ao evento: “Eu vim com um objetivo certo que é aproveitar os serviços e principalmente verificar a pressão”.

Socialização

O diretor da Secretaria de Assistência Social de Cascavel, Emílio Fernando Martini, explica que o Felicidade do Idoso visa criar e fortalecer vínculos. “É um dia de prestação de serviços e diversão. Para que eles possam se relacionar”.

Catarina Kanida, 76, participa há mais de cinco anos de eventos para idosos em cidades próximas a Cascavel e conta que conheceu o namorado – agora noivo – em um evento desses em Guaraniaçu. “Desde que Cascavel passou a realizar o Felicidade do Idoso nós participamos juntos. Então, além das amizades, eventos assim podem trazer companheiros para a vida”, conta Catarina.

E o noivo, Jonival Gomes dos Santos, 71, revela que ia aos eventos justamente atrás de uma parceira: “Acredito que as pessoas não devam ficar sozinhas. É muito bom ter com quem compartilhar os dias”.