Assis Chateaubriand – Entre as comunidades de Assis Chateaubriand que aguardaram por décadas o sonho do asfalto em seus bairros está o Mini Parque Industrial, uma região que foi excluída dos planos das últimas administrações municipais.

Agora, os moradores começam a ver a infraestrutura asfáltica na frente dos seus lares.

Após meses de trabalho, o bairro foi todo pavimentado. E, nos primeiros dias de 2019, o serviço está concentrado na construção de calçadas e demais acabamentos previstos no projeto.

“Além de 28.796 metros quadrados de asfalto e de 6.248 metros lineares de meio-fio, para melhorar a qualidade de vida dessa população, incluímos a construção de 9.130 metros quadrados de calçadas, o plantio de 480 árvores e de 20.580 metros quadrados de grama, o que tornará o bairro ambientalmente agradável nos próximos anos”, destaca o secretário de Agricultura, Meio Ambiente, Serviços Urbanos e Obras, José Vieira Neto.

Localizado perto do Centro Cívico, o Mini Parque necessitava havia anos desse investimento, que agora está sendo possível graças ao maior projeto asfáltico já elaborado e executado na história de Assis.

A obra conta com recursos obtidos com a Sedu (Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano) no valor de R$ 3,838 milhões.

Máquina trituradora de galhos

Com o objetivo de aprimorar os serviços da Secretaria de Agricultura, Meio Ambiente, Serviços Urbanos e Obras, a Prefeitura de Assis Chateaubriand adquiriu um triturador móvel de galhos e troncos. A máquina é montada sobre um chassi rebocável.

“A utilização do equipamento resultará em mais agilidade nos trabalhos de podas de árvores em espaços públicos e o material produzido deverá, futuramente, também ser utilizado para compostagem”, conta o secretário José Vieira Neto.

Para aquisição do triturador e de um afiador de facas, foram investidos R$ 170.900 em parceria com a Itaipu. Através de convênio, a binacional dispôs de R$ 96 mil e o Município, com recursos próprios, aplicou quase R$ 75 mil.

Antes de entrar em operação, a secretaria montará uma equipe para fazer o trabalho. Esses servidores passarão por treinamento com técnicos da empresa fabricante do equipamento.