Os diretores da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), junto ao Ministério da Infraestrutura e ao Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), estão em Paranaguá (PR) para conhecer mais sobre o projeto da Nova Ferroeste. A equipe sobrevoou a descida da Serra do Mar até o porto de Paranaguá.

Está sendo analisada a criação de um novo traçado para a descida ao porto, a fim de aumentar a capacidade e a eficiência logística. Além disso, a comitiva está buscando alternativas para interferências urbanas, com o objetivo de mitigar os impactos sociais.

Entre as propostas estão as passagens de níveis. Elas serão transformadas em passagens superior e inferior, para que a ferrovia não proporcione problemas para a população e haja perda de eficiência da logística.

Em fase de estudos técnicos, a Nova Ferroeste vai ligar Maracaju (MS) a Cascavel (PR). Com 1.370 km de extensão e investimentos previstos na ordem de 8,7 bilhões, a Ferroeste se tornará um novo corredor de importação, exportação e movimentação de carga doméstica como grãos e containers.

Conheça mais informações sobre o projeto em: https://www.ppi.gov.br/ef-277-estrada-de-ferro-parana-oeste-ferroestem.