Sai até sexta nova pesquisa

Deve ser divulgada até sexta-feira (25) nova pesquisa de intenção de voto para o governo do Paraná e para o Senado. O instituto Radar Inteligência já fez o registro no TSE, informando que serão entrevistados 1.200 eleitores representando uma amostra do colégio eleitoral do Estado, de acordo com sexo, idade, escolaridade e classe de renda.

Estimulada

Quando nomes de pré-candidatos ao governo estadual estão sendo apresentados aos eleitores: Cida Borghetti (PP), Dr. Rosinha (PT), Osmar Dias (PDT) e Ratinho Jr. (PSD). Ficou de fora o nome do senador Roberto Requião (MDB), que ainda não definiu se será candidato à reeleição ou ao Executivo.

Ao Senado

A pesquisa abrange também o Senado, com os seguintes nomes: Alex Canziani (PTB), Christiane Yared (PR), Francischini (PSL), Flavio Arns (Rede), Professor Oriovisto (Podemos), Takayama (PSC), Roberto Requião (MDB) e Wilson Picler (PSL).

Lava Jato X Copa

Faltam poucas semanas para o início da Copa do Mundo na Rússia, mas o brasileiro não está muito interessado nesse assunto. Quando perguntados pela Paraná Pesquisas se “Atualmente o Sr(a) diria que está mais interessado(a) com o noticiário da Operação Lava Jato ou com a Copa do Mundo da Rússia?”, 77,7% dos 2.170 entrevistados disseram que lhes interessa mais a Lava Jato. Pouco mais de 10% disseram que a participação da Seleção Brasileira na Copa vai lhes prender mais atenção. Outros 10% dizem não estar interessados em nenhum dos dois assuntos. Sinal dos tempos?

Partidos de Ratinho

O deputado Márcio Nunes, líder do PSD na Assembleia, surpreendeu a Bancada de Oposição com uma proposta inesperada. Propôs assumir a liderança da bancada, com a ressalva de que não há interesse nos cargos. Na oposição, a proposta do líder do PSD foi vista como a confirmação de que o bloco PSD/PSC se prepara o desembarque do governo.

Bem ou mal

Nunes foi explícito: se os oposicionistas não aceitarem por bem terão que aceitar por mal, e aí eles vão querer os cargos também. Os deputados da base acreditam que a jogada tem as digitais de Ratinho Jr e que Nunes é apenas o porta-voz de pré-candidato – aliás, completamente apagado na Assembleia.

Oposição

Hoje, de 54 deputados, a bancada de Oposição é formada por seis parlamentares – três do PT e três do MDB -, que atuam sob a liderança do emedebista Anibelli Neto. Já o combo PSD/PSC, que por enquanto se considera uma “bancada independente”, conta com 17 membros (6 do PSC e 11 do PSD).

Maioria

Marcio Nunes quer ser líder de 23 deputados, número mais do que suficiente para incomodar a governadora Cida Borghetti. Basta lembrar que 18 votos convocam, por exemplo, uma CPI. Isto é, se podem vender dificuldades, podem receber de volta boas vantagens. Não é mau negócio.