ESPORTES

Cinturões no Kikboxing

13 de dezembro de 2017 às 17:06
Publicidade

Dois cascavelenses que fazem parte da academia Templo do Corpo – N1 Team exibem com mérito cinturões conquistados em evento organizado pelo IKC, sigla inglesa para Conselho Internacional de Kikboxing, em Matelândia, no último fim de semana.

Everaldo Amaro recebeu o cobiçado símbolo da competição na categoria K1 avançado como Campeão Brasileiro de Kikboxing 2017. Já Caroline Medeiros foi a Campeã Paranaense na categoria K1 intermediário e ganhou o cinturão em reconhecimento ao título.

Quem esteve à frente da preparação dos atletas, comemora o desempenho deles para alcançar resultado inédito nessas duas categorias em uma competição.

“Tivemos oportunidade de iniciar nesse esporte e os dois já trazem conquistas que colocam a modalidade em posição de destaque. Eles lutaram na modalidade G1 e tiveram mais que uma luta na noite”, comenta o professor Julio Cezar Raizel.

A competição reuniu representantes de 21 cidades brasileiras além de participantes do Paraguai e da Argentina.

Caroline, que já é Campeã Brasileira de Muay Thai 2016 , recorda o momento decisivo para o novo título.

“Foi um luta dura, mas ganhei por nocaute técnico no segundo round”, diz ela que teve como adversária outra atleta de Cascavel.

Assim como ela, os alunos que se dedicam ao Kikboxing vão à academia seis vezes na semana e passam por treinos na parte técnica e física.

Dedicação

O campeão brasileiro revela o segredo para quem pretende se destacar no esporte, “temos que seguir a competição com confiança e claro se preparar”, diz Amaro. Ele acrescenta que a dedicação antes mesmo de iniciar no Kikboxing foi essencial para a vitória. “Já treinava muito o Muay Thai e isso foi importante para o resultado”.

Defesa

Os dois lutadores cascavelenses terão bastante responsabilidade para permanecer por ainda mais tempo com os valiosos cinturões.

“O nome deles segue para ranking internacional e no próximo ano serão convocados para nova competição para defender o cinturão”, comenta o professor.

Segundo ele, o Kikboxing tem ganhado cada vez mais espaço na academia. “É um esporte de renome nacional e teve uma ascensão grande, principalmente com exibições de lutas”, completa Raizel.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE