Cascavel – Depois de um longo período de estiagem, a tão esperada chuva voltou a contemplar Cascavel e outros municípios da Região Oeste. Nos últimos três dias, foram registrados mais de 200 milímetros de água na cidade, conforme a Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná). Esta quantidade equivale a 26% do total acumulado de janeiro até agosto deste ano, que somou 768 milímetros.

De acordo com a companhia, desde a última sexta-feira (1º) a Sanepar não está mais utilizando a água do Lago Municipal para complementar o abastecimento da cidade. Apesar do volume de chuvas ter recuperado momentaneamente os mananciais superficiais (rios), os mananciais subterrâneos (poços) ainda não sentem os reflexos das chuvas.

De acordo com dados do Deral (Departamento de Economia Rural), na área rural de Cascavel, as chuvas foram significativas com registros de 200 mm de chuva em Espigão Azul, 195 mm em Sede Alvorada, 248 mm em São João do Oeste, 171 mm em Juvinópolis e 180 mm na região da Estrada Rio da Paz.

 

Setor Agrícola

De acordo com o Deral, naturalmente, a chuva foi benéfica para o início da safra verão 21/22, especialmente para o plantio de soja, milho e feijão, além amenizar os problemas da falta de água nas comunidades, tanto para o consumo diário da população, como para o trato dos animais. “Há muito tempo não tínhamos volume acumulado de chuva como nos últimos dias”, informou Jovir Esser, do Deral. Na região, as chuvas oscilaram entre 140 e 260 milímetros, trazendo novo alívio para nascentes e rios que se encontravam em situação bastante crítica.

Apesar da “boa chuva”, a situação hídrica ainda é delicada e o uso racional da água deve ser prioritário. De outro lado, nas áreas rurais, o excesso para quem ainda vai colher não foi favorável. “Na agricultura tudo depende do clima e alguns setores são prejudicados, seja com a falta ou excesso de chuva. Neste período temos a cultura do trigo, que se encontra na fase de maturação, ou seja, da pré-colheita. Certamente a chuva dos últimos dias deverá comprometer a qualidade dos grãos nas áreas a colher”, explicou Jovir Esser.

 

Previsões

Segundo o Simepar (Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná), o clima deve oscilar bastante em Cascavel até o próximo final de semana. Não há previsão de chuva para esta terça-feira (5), ao contrário de quarta e quinta-feira, dias em que o tempo deverá estar nublado com pancadas de chuva isoladas. A previsão volta a indicar chuva novamente apenas no domingo (10), sendo esperados em torno de 43.8 milímetros acumulados.

 

 

Em Medianeira, rodízio suspenso até quarta

A Sanepar informou que as chuvas dos últimos dias aumentaram o volume de água do Rio Alegria, um dos mananciais de abastecimento de Medianeira. Por esta razão, fica suspenso o rodízio no fornecimento de água desta até a quarta-feira (6). Apesar da suspensão, a situação ainda é preocupante. A companhia lembra que a estiagem reduziu a vazão dos mananciais e que o calor provocou aumento no consumo de água.

As cidades de Céu Azul, Santo Antônio do Sudoeste e Pranchita permanecem em rodízio por tempo indeterminado. O alerta da companhia é para o uso racional e consciente da água continua. A orientação é para que sejam priorizados os usos para o consumo humano, alimentação e higiene pessoal.