O município de Catanduvas iniciou aos trabalhos de atualização do Plano Municipal de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos. A primeira reunião com o Comitê de Coordenação e oficina de mobilização social realizada neste mês de outubro deu início ao trabalho que compreende as áreas urbana e rural, incorporando aos programas e ações, a participação de associações de catadores, como preconiza a Lei Federal 12.305/2010 – Política Nacional de Resíduos Sólidos e Decreto 7.404/2010.

A elaboração do plano se dará através de contrato assinado com a empresa Sulgeo e apoio Técnico da Itaipu Binacional e Parque Tecnológico de Itaipu – PTI. Catanduvas já possui o Plano Municipal de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos, contudo, nesta abordagem será revisado, atualizado e complementado o eixo Resíduos Sólidos.

Os técnicos responsáveis pela atualização do Plano destacam que a estratégia de integração dos serviços públicos de manejo de resíduos sólidos tem como objetivo, através de uma gestão eficiente, viabilizar serviços de qualidade, a custos reduzidos, e maiores condições de sustentabilidade. “O Plano Municipal de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos (PGIRS) será o instrumento de viabilização para universalização da prestação desse serviço no município, atendendo as exigências estabelecidas na Política Nacional de Saneamento Básico e de Resíduos Sólidos, através do PLANSAB e PLANARES respectivamente”.

“Contamos também com o apoio da população catanduvense para a atualização do Plano. Serão disponibilizadas caixas para sugestões e opiniões na Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente e na Prefeitura Municipal. Queremos ouvir a opinião e sugestões da população sobre os problemas do manejo de resíduos sólidos”, reforça a Administração Municipal de Catanduvas.