Curitiba – A pandemia do coronavírus deu uma freada brusca no Paraná nas últimas semanas. Depois da queda significativa de internamentos em alas covid-19, que chegou a passar de 6 mil em junho e há 13 dias está abaixo de 3 mil, agora o Paraná registra o menor número de casos ativos desde 26 de novembro. Ontem, havia 68.427 infectados com capacidade de transmitir o vírus, 77% a menos que há uma semana.

Outro dado importante é a média móvel de mortes, que caiu ao menor nível desde junho de 2020. Conforme boletim epidemiológico da Sesa (Secretaria da Saúde) divulgado ontem, a média de sete dias de mortes era de 18 mortes/dia, 69% menos que a média de 14 dias atrás.

Já a média móvel de casos era de 1.215, decréscimo de 25% na mesma comparação.

O arrefecimento dos números é atribuído principalmente ao avanço da vacinação. Ontem, o Estado totalizava 6.163.492 paranaenses vacinados, dos quais 2.514.581 com ciclo completo (duas doses ou dose única).

 

Mais casos

O boletim divulgado ontem confirmou mais 982 casos e 94 mortes pela covid-19 no Paraná. Com isso, o Estado acumula 1.397.064 infectados desde o início da pandemia, dos quais 35.729 não sobreviveram.

Dos casos confirmados, um é de 2020 e o restante de fevereiro (1), março (2), abril (6), maio (42), junho (49), julho (24) e agosto (857) de 2021.

Quanto aos óbitos, tratam-se de 40 mulheres e 54 homens, com idades que variam de zero a 94 anos. Os óbitos ocorreram de 15 de maio de 2020 a 6 de agosto de 2021.

 

Mais 209.170 vacinas contra a covid-19 chegam ao Paraná

Curitiba – A Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) recebeu na tarde dessa segunda-feira (9) mais 67,6 mil vacinas contra a covid-19. As doses da CoronaVac/Butantan fazem parte do lote com 209.170 vacinas para o Paraná, anunciadas pelo Ministério da Saúde no fim da noite de domingo (8).

Metade das doses da CoronaVac é para a primeira aplicação (D1) e a outra metade para a segunda aplicação (D2).

Já à noite, o Paraná recebeu nova remessa, com 141.570 doses da Pfizer/BioNTech, que serão destinadas integralmente para a D1, dando continuidade à campanha de vacinação em todo o Estado.

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, acompanhou a entrega do primeiro lote e falou sobre a distribuição dos imunizantes: “A partir desta terça, vamos começar a descentralizar essas doses para as Regionais de Saúde, com intuito e vontade de manter o ritmo da vacinação nos municípios paranaenses”.

Beto Preto também agradeceu à colaboração dos municípios paranaenses durante a imunização: “A vacinação, neste momento, além de um ato de solidariedade, de amor ao próximo, deve ser tratada no campo efetivo do bem-estar e da proteção aos paranaenses. Temos que vencer vacinando e por isso gostaria de agradecer aos municípios que têm trabalhado conosco, na batalha de salvar vidas”.

O Estado recebeu até agora 10.671.610 imunizantes contra a doença.

Foto: Américo Antonio/SESA