EDUCAÇÃO

Cascavel lança currículo para educação infantil e prepara o modelo para “especiais”

27 de maio de 2022 às 08:29
Publicidade

 

Cascavel – Com a presença dos diretores e coordenadores dos Cmeis (Centros Municipais de Educação Infantil), a Secretaria Municipal de Educação lançou na tarde de ontem (26), no Auditório da Prefeitura, a versão impressa do novo currículo da rede pública de ensino, voltada para a educação infantil. Este é o documento que norteia todo o trabalho dos professores, com os conteúdos das disciplinas de acordo com cada série.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Marcia Baldini, Cascavel já tem currículo próprio desde o ano de 2008, que agora precisou ser reformulado devido as mudanças da Base Nacional Comum Curricular. Este é o segundo currículo que está pronto, já que no começo do ano foi lançado o currículo do ensino fundamental. Ambos já estão sendo aplicados aos alunos dentro da sala de aula neste ano curricular.

Segundo Baldini, o próximo passo é finalizar ainda os planos e diretrizes dos outros currículos que fazem parte da rede municipal chamados de “especiais” e que estão em processo de finalização, entre eles, o currículo da educação especial, tempo integral, educação no campo, educação tecnológica e ainda a educação tecnológica. “Temos certeza que este é um dos primeiros currículos que estão sendo lançados no país com essa qualidade”, destacou a secretária.

Marcia Baldini explicou ainda que o trabalho levou muitos meses e exigiu dedicação, sendo elaborado em clima de uma “boa estrutura”, com os conteúdos separados, o que facilita a aplicação da prática pedagógica. Além disso, a secretária lembrou que, estando dentro da lei a cidade acaba “um passo à frente”, para inclusive receber os recursos do Fundeb nos novos moldes, do valor anual por aluno.

A secretária lembrou também que o trabalho foi feito pela equipe da secretaria, mas que contou com apoio dos professores, que pararam muitas vezes para estudar, ler e contribuir. “Cerca de 85% dos professores da educação infantil são novos na função, tendo menos de 8 anos de trabalho em sala de aula, por isso, a partir de agora teremos que ajudar na transposição da teoria para a prática”, falou a secretária, afirmando que Cascavel tem uma educação infantil diferenciada e que isso é resultado “do trabalho e do carinho e dedicação dos professores”.

 

Processo democrático

A presidente do Siprovel (Sindicato dos Professores Municipais de Cascavel), Josiane Vendrame, esclareceu que durante todo o processo de construção do currículo o sindicato esteve junto e que os trabalhos ocorreram dentro de um processo democrático e transparente, envolvendo todos os profissionais. “É isso que sempre defendemos, que as mudanças devem ser feitas com a participação de todos”, disse a professora.

Lucinéia Maria Lazaretti, uma das professoras que ajudou no processo de elaboração do novo currículo falou que uma educação de qualidade começa com um bom planejamento, e que os novos currículos estão prontos porque existe uma gestão comprometida com a educação municipal. Durante o evento cada profissional recebeu um exemplar do novo currículo e participou da primeira capacitação que detalhou os temas envolvidos no material.

 

Foto: Semed

 

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE