A reformulação do Cascavel Futsal para 2019 ganhou mais cinco nomes nesta semana, a mesma em que Cassiano Klein foi anunciado como treinador pela diretoria. Desta vez as novidades são para o elenco tricolor.

Duas delas, aliás, serão novidade apenas para o comandante técnico, pois tratam-se de velhos conhecidos da torcida: o goleiro Alê Fancone e o ala Adeirton. O defensor teve o retorno do futsal português confirmado na última segunda-feira, enquanto Adeirton, campeão paranaense em 2011 e 2012 e vice em 2010 e 2013 com a camisa cascavelense, teve a renovação para mais uma temporada confirmada ontem. Este ano o camisa 55 marcou oito gols no Paranaense e cinco na Liga.

Outros dois jogadores do atual elenco também garantiram permanência para 2019: o pivô Jorginho, que vai para seu segundo ano no time, e o ala Madson, que chegou há seis meses e anotou oito gols na Série Ouro e quatro na Liga Nacional. Jorginho balançou as redes três vezes no Estadual e duas na LNF.

Já a novidade para o torcedor por enquanto fica por conta do ala Rabisco, que estava no futsal espanhol. Antes de deixar o Brasil, em 2017, o jogador de 26 anos estava no Joaçaba (SC), equipe ainda comandada por Cassiano Klein e que neste sábado disputa o segundo jogo da semifinal do Catarinense contra o Jaraguá – na ida, venceu por 3 a 2, fora de casa.

Gols em prol da Apae

As 153 vezes em que o Cascavel Futsal balançou as redes na temporada 2018, na Liga Nacional e no Campeonato Paranaense, e a parceria com o Sicredi Vanguarda vão render R$ 22.950,00 para a Apae de Cascavel. A cada gol marcado pela equipe, a Apae tinha direito a R$ 150 garantidos pelo Sicredi. A entrega simbólica do cheque será feita na manhã desta sexta-feira, às 10h, na agência Centro do Sicredi, na Rua Paraná, em Cascavel. A solenidade contará com a presença de diretores da Apae de Cascavel, do Sicredi e do Cascavel Futsal.