A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad/MJSP) realiza o 8º leilão de bens apreendidos do tráfico de drogas no estado do Paraná Os lances, que iniciam a partir de 50% do valor arrecadado para adquirir carros, motocicletas, caminhões e sucatas, podem ser efetuados até o dia 20 de agosto no site do leilão.

Além da descapitalização do tráfico de drogas no estado, a ocasião é oportuna para que os cidadãos adquiram bens por valores mais atrativos. O recurso arrecadado nos leilões de bens apreendidos de traficantes é destinado ao Fundo Nacional Antidrogas, que financia programas de prevenção e de combate a entorpecentes. Até 40% do valor é destinado para o reforço das políticas que apreenderam o patrimônio.

No Paraná, parte dos recursos da Funad obtido por meio de leilões de bens do tráfico foram investidos na instalação de torres de telecomunicação digital na fronteira com o Paraguai. O investimento de R$ 13 milhões, fortalece a segurança e as operações de combate às drogas na região. Parte do recurso, R$ 6 milhões, também foi destinado para a aquisição de viaturas descaracterizadas e R$ 270 mil para a compra de equipamentos.