A primeira fase de empurramento da estrutura do tabuleiro na margem brasileira da Ponte da Integração, que liga Foz a Presidente Franco, no Paraguai, iniciou na manhã desta quarta-feira (22).

A estrutura sendo deslocada por aproximadamente 25,4 metros nesta primeira etapa é composta por uma aduela de disparo metálica de 20 metros de comprimento por 20,15 metros de largura, pesando pouco mais de 159 toneladas.

Ela é composta por duas vigas longarinas interligadas por 7 transversinas, e está conectada através de 542 cordoalhas de aço protendidos em uma estrutura de concreto de 25,40 metros de comprimento por 20,50 metros de largura, com peso aproximado de 1.278 toneladas, composta por duas vigas longarinas interligadas por 9 transversinas e uma laje de 34 cm de espessura.

Neste primeiro deslocamento este conjunto sairá de cima da caixa de equilíbrio para ser posicionada entre os apoios 9 e 10 com o auxílio de 2 macacos hidráulicos e 4 cabos compostos por 8 cordoalhas de aço cada posicionados nos pilares provisórios do apoio. A aduela metálica de disparo já se encontra em vão livre equilibrada pelo peso do conjunto, enquanto a estrutura de concreto desliza sobre a caixa de equilibro através de sapatas deslizantes posicionadas sobre chapas metálicas lubrificadas engastadas na estrutura da caixa de equilibro interna.