Rio de Janeiro – Os times do Rio de Janeiro seguem a saga de não dar sequência de trabalho aos treinadores. Depois de o Flamengo trocar Rogério Ceni por Renato Gaúcho, ontem foi a vez de o Botafogo anunciar a saída do técnico Marcelo Chamusca. O auxiliar técnico Caio Autuori e o preparador físico Roger Gouveia também estão de saída.

Chamusca deixa o Botafogo com nove vitórias, 12 empates e seis derrotas. Sob seu comando, o Alvinegro terminou a Taça Guanabara na sétima colocação, foi vice-campeão da Taça Rio após perder para o Vasco nos pênaltis e caiu precocemente na Copa do Brasil, ainda na segunda fase, para o ABC.