A Secretaria de Saúde de Toledo, por meio do Programa de Endemias, realizou ações para fechar a Semana Nacional de Combate ao Aedes. O Dia D é o combate contra o Aedes Aegypti, transmissor das doenças dengue, zika e chikungunya.

Nesta sexta-feira (30) durante o Dia D, os agentes de Endemias montaram tendas na Rua Barão do Rio Branco com a Largo São Vicente de Paulo e na Praça Willy Barth, abordando pedestres e motoristas, para conscientizar sobre o combate a dengue e os danos que o mosquito pode causar.

O Agente de Endemias, Mário Nogueira, fala sobre a ação realizada. “Este é um momento para divulgarmos sobre os mosquito, pois já estamos com alguns casos aqui em Toledo e precisamos combater. Quando abordamos o pedestre, mostramos a larva e o mosquito para que conheçam melhor, o que ele é o que ele causa a pessoa”, explicou.

Palma Carvalho, comerciante que mora no centro, comenta os cuidados que tem na sua casa e no seu bairro. “Temos que ter todos os cuidados para combater a dengue, não deixo água nos vasos, tomo cuidado com as plantas. No meu bairro as pessoas também tomam os cuidados, é difícil ter, moro no centro no final de rua, está bem tranquilo. Espero que os agentes continuem fazendo o trabalho para prevenir e combater esse mosquito”.

Claci Simonato, agente de Endemias, comenta sobre a importância do Dia D. “A orientação nunca é de mais para os moradores, temos que tomar todos os cuidados. Já realizamos várias atividades nas escolas e hoje estamos encerrando o dia com esta ação para conscientizar as pessoas”.

AS PRINCIPAIS MEDIDAS DE PREVENÇÃO E COMBATE AO AEDES AEGYPTI SÃO:

  • Manter bem tampado tonéis, caixas e barris de água;
  • Lavar semanalmente com água e sabão tanques utilizados para armazenar água;
  • Manter caixas d'água bem fechadas;
  • Remover galhos e folhas de calhas;
  • Não deixar água acumulada sobre a laje;
  • Encher pratinhos de vasos com areia ate a borda ou lavá-los uma vez por semana;
  • Trocar água dos vasos e plantas aquáticas uma vez por semana;
  • Colocar lixos em sacos plásticos em lixeiras fechadas;
  • Fechar bem os sacos de lixo e não deixar ao alcance de animais;
  • Manter garrafas de vidro e latinhas de boca para baixo;
  • Acondicionar pneus em locais cobertos;
  • Fazer sempre manutenção de piscinas;
  • Tampar ralos;
  • Colocar areia nos cacos de vidro de muros ou cimento;
  • Não deixar água acumulada em folhas secas e tampinhas de garrafas;
  • Vasos sanitários externos devem ser tampados e verificados semanalmente;
  • Limpar sempre a bandeja do ar condicionado;
  • Lonas para cobrir materiais de construção devem estar sempre bem esticadas para não acumular água;
  • Catar sacos plásticos e lixo do quintal.