Após a reclamação de brasileiros sobre o preço do teste RT-PCR cobrado na Ponte Tancredo Neves para entrar na Argentina, o governador de Misiones, estado onde fica Puerto Iguazú, decidiu mudar a política de entrada no país.

Para facilitar a entrada e continuar atraindo turistas, o teste de antígeno realizado na Aduana da Argentina será gratuito para brasileiros e turistas.

Além do teste, a Argentina também exige comprovação de que tomou as duas doses da vacina contra a Covid-19. Anteriormente estava sendo cobrado o teste PCR, que agora deixará de ser exigido, desde que realize o teste gratuito oferecido pelo país. No entanto, continua sendo exigida a vacinação completa, ou seja, duas doses da vacina contra a Covid-19 pelo menos 14 dias antes da entrada. A comprovação é feita por declaração jurada emitida pelo governo de Misiones.

Com informações Rádio Nacional Iguazú