Rio de Janeiro – A CBF comunicou que não irá mais limitar a idade para o trabalho dos árbitros que atuam no futebol e que vai retirar a exigência de estar cursando ou ter completado o ensino superior da lista de requisitos para árbitros do quadro nacional.

A entidade estava sendo pressionada pelo Ministério Público do Trabalho após uma ação do Sindicato dos Trabalhadores em Arbitragem Esportiva que alega discriminação.

Atualmente, nas regras para ingresso e permanência no quadro nacional divulgadas pela CBF, o limite de idade é de 55 anos. Para árbitros da categoria C/D, que atuam apenas nas Séries C e D do Brasileirão, o limite é de 45. Além disso, árbitros têm até os 38 anos para poder entrar no quadro nacional.