Cascavel sediou, ainda em novembro, a fase final do Campeonato Paranaense de Futsal – FPFS, categoria sub-7. Destaque para equipe ADAF Sub-7, que sob o comando do professor David Escobar, ao vencer o confronto final contra a forte equipe CFM/Medianeira, por 2 a 0, garantiu o título de forma invicta. Além do da taça, atletas da ADAF Sub-7 ainda receberam mais duas premiações. Davi Ribeiro e João Pedro Assegava Dechechi, respectivamente, foram o melhor atacante (com maior saldo de gols) e goleiro menos vazado da  competição.

Há 4 anos a família ADAF Cascavel sonhava, esperava e trabalhava para conquista do Paranaense, sempre com bom desempenho na competição, com cinco vice-campeonatos e duas vezes conquistando o  terceiro lugar.

A final do Paranaense veio para para Cascavel exatamente pelo bom desempnho da ADAF, que se classificou em primeiro lugar, ou seja, na liderança absoluta da classificação geral do campeonato.

A ADAF

O projeto ADAF Cascavel (Associação Desportiva Atletas do Futuro de Cascavel) foi iniciado em 2015, com antigo nome de UFC – União Futsal Cascavel, por um grupo de pais de crianças com 7 anos. Nessa época, os atletas jogavam em diversas escolinhas da cidade, porém, o objetivo era alcançar desenvolvimento maior e mais expressivos para os atletas.

Assim, foi formada uma equipe nessa faixa etária para iniciar os treinamentos, com a finalidade de participar de competições municipais. Para comandar o projeto, o professor Marquinhos Góis passou integrar a ADAF. Góis tem vasta experiência, com formação acadêmica em educação física e vários trabalhos técnicos já desempenhados em diversas escolinhas de futsal, jogos escolares e competições municipais e estaduais. Marquinhos, além experiência na docência e trato com as crianças, tem conhecimento técnico e didático nos campos social e disciplinar.

Com essa forma de organização e alguns bons e crescentes resultados em competições nos anos de 2015 a 2017, o pequeno grupo se expandiu. Ainda em 2017 aconteceu a mudança de nome de UFC para ADAF Cascavel e, também a estruturação documental da Associação para que fosse possível obter incentivos a serem aplicados no desenvolvimento do projeto.

Atualmente, a ADAF conta com equipes que vão da Sub-6 a Sub-13, existindo, ainda planos para criação de mais categorias de base (Sub-14 a Sub-17).

(Assessoria)