Os acadêmicos dos cursos de Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção do Centro Universitário de Cascavel – Univel receberam, de forma on-line, profissionais das duas áreas para abordar sobre os desafios, as ferramentas e as possíveis áreas de atuação dentro das engenharias.

Para o coordenador dos cursos de Engenharia Mecânica e de Engenharia de Produção, Germano Assunção, é de grande importância trazer profissionais da área ao longo da graduação para compartilhar experiências e o cotidiano da profissão com os acadêmicos. “Desta forma, eles podem perceber como é o dia a dia da futura profissão sob diferentes pontos de vista, em diferentes áreas de atuação e em variados níveis de experiência. Essas palestras que vinham sendo realizadas de forma presencial, com a pandemia, passaram a ser realizadas de forma remota, o que possibilitou, além de trazer profissionais da região oeste para conversar com eles, profissionais de diferentes partes do País e do mundo, o que torna a experiência ainda mais enriquecedora”, ressalta Germano.

Para ambos os cursos, o convidado Diego Marques, engenheiro de projetos da Mahle Metal Leve S.A., falou sobre o processo de desenvolvimento de produtos e gestão de projetos, apresentando ferramentas de desenho auxiliado por computador e análise de elementos finitos.

Logo em seguida, diretamente do Canadá, o palestrante Wallace do Valle Barros, especialista em Melhoria Contínua na Primo International, falou sobre aplicação e estrutura Lean Six Sigma.

Por fim, os estudantes do curso de Engenharia da Produção assistiram ao convidado Rodrigo Garbin, engenheiro de produção que discorreu sobre sua experiência na indústria e seus trabalhos científicos e como as ferramentas aprendidas individualmente ao longo das disciplinas da graduação auxiliam na resolução de problemas complexos e multidisciplinares enfrentados por engenheiros.

Para o acadêmico de Engenharia de Produção Marcos Guerin, a palestra foi uma oportunidade para ouvir e interagir com profissionais experientes da área. “Agrega imensamente em nossa jornada como futuros engenheiros. É a chance de entender nossa profissão com quem já vive isso na prática. Conversei com o Diego e o Wallace, ambos me deram informações de ouro para aprimorar meus conhecimentos durante o curso, como as novas tecnologias voltadas ao nosso ramo e também o caminho para uma especialização Six Sigma”, ressaltou Marcos.