A informação que o pai tem nos faz fortes, a imagem do pai é potência. Não é a aparência ou o comportamento do seu pai. É a essência da informação daquele que te deu a vida.

O homem tem participação ativa na vida. Ele traz o movimento para a mulher, sem o homem não há vida. O óvulo está aguardando o movimento da vida. Sem esse “movimento” o óvulo morre e é eliminado.

O mais importante na nossa vida é a vida.

Quando olhamos para o nosso pai, temos que olhar por esse ângulo. Independente do que aconteceu em sua vida, independente da sua história, se foi muito ou se foi pouco o que seu pai fez por você. Não importa o quanto ele esteve presente ou não.

Não existem histórias enfraquecedoras, todas as histórias fortalecem, e você precisa aprender a olhar pelo ângulo funcional. Tudo o que você é só é possível porque seu pai fez o papel dele: te deu a vida. Todo o restante você pode fazer agora.

Validar o pai em si significa experimentar êxito, força, coragem, liderança, pontualidade, direção, foco, ação, poder, consciência, segurança, entre outras características.

Violar o pai significa experimentar escassez, fraqueza, medo, agressividade, intimidação, estagnação, violência, vícios, procrastinação etc.

Perceba em si o que você experimenta. De qualquer maneira você pode encontrar recursos no seu pai. O movimento de conexão e nutrição deve ser diário. Diariamente podemos tomar a vida através dos nossos pais. Honrando e agradecendo.

Muitos de nós temos mágoas, dores ou ressentimentos em relação aos pais.

Quando uma pessoa não consegue fazer um movimento de honrar e agradecer ao seu pai por ter algo que lhe dói precisa buscar ajuda. Pode ser por meio de conhecimento ou terapia.

Isso porque tudo o que experimentamos em relação ao nosso pai vibra em nós e em nossos descendentes. Se tem algo em aberto entre você e seu pai, isso vai interferir na sua vida e na vida de seus filhos ou dos seus netos. Se você não tem filhos, a violação vai se apresentar em outro aspecto da sua vida, por exemplo, talvez você não experiente o êxito. Sempre algo ou alguém vai representar esse desajuste, por amor, para que a conexão possa ser restabelecia.

Isso é um movimento inconsciente, chamamos de “amor cego”. É implacável, não considera certo e errado, bem ou mal. Simplesmente não tolera exclusões e também não aceita justificativas.

Toda não aceitação é experimentada como desordem e tem consequências cruéis.

Toda vontade de um filho de “salvar” os pais é experimentada como desordem e vai gerar consequências.

A desordem significa violação da ordem, ou seja, os pais são grandes, eles dão. Os filhos são pequenos e apenas recebem. Essa é a ordem. Os que vieram antes (pais) são grandes e têm precedência. E os que vieram depois (filhos), são pequenos e precisam permanecer no próprio lugar. Toda objeção desordena. Todo julgamento desordena e toda crítica desordena.

 

O respeito libera, o consentir libera e a gratidão te torna forte. Se você não tem ao que agradecer, agradeça à vida. Agradeça ao seu pai pela vida que ele te deu. É o suficiente! Sem justificativas, sem julgamentos e sem exigências. Apenas agradeça.

Não existem pais melhores ou piores. Não existem pais mais ou menos especiais. Todos os pais são perfeitos no ato de passar a vida adiante. Isso é a informação mais importante.

Faça um exercício agora, permita-se!

Feche os olhos e imagine seus pais à sua frente. E, internamente, reconheça-os e diga: “Este é o meu pai. Esta é a minha mãe. Os dois juntos me trouxeram algo fantástico que ninguém poderia fazer por mim, a vida”.

Entendimento sagrado: olhe para seus pais e consinta: “esse homem e essa mulher são portais sagrados para que eu pudesse estar aqui”.

Preste a eles toda honra, respeito e gratidão.

Honrar e reverenciar os pais nos torna livres. Quando isso fica claro, não precisamos mais nos esforçar. A gente começa a gostar da vida sem esforço, sente felicidade sem esforço, começa a ser mais próspero sem esforço! Experimente!

Aproveite seu dia, conecte-se com sua potencialidade! Vá até o seu pai e agradeça pela vida. Sem restrições, sem justificativas nem exigências. Você vai se surpreender!

E, se quiser saber um pouco mais sobre essa conexão com o pai, assista ao vídeo.

Postura Sistêmica Ativa – Gratto Soluções para a Vida