Curitiba – Levantamento da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) mostra que 184 municípios do Paraná não registram óbitos por covid-19 há pelo menos 30 dias. O número representa mais de 46% das 399 cidades do Estado, e demonstra o resultado efetivo da vacinação contra a doença, que já atingiu mais de 80% da população adulta com, ao menos, uma dose.

Nos últimos dois meses, 64 municípios paranaenses não registram mortes em decorrência da doença, e, desses, 17 estão há mais de 100 dias sem óbitos. “Conforme a vacinação contra o coronavírus avança no Paraná, diversos indicadores têm demonstrado a efetividade da imunização, seja na diminuição de óbitos pela doença ou na redução no número de internamentos e taxa de ocupação de leitos. Vacinas salvam vidas e os números provam isso”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

A meta do governo do Estado era atingir 80% do público vacinável até o fim deste mês, mas o prazo foi adiantado. “Conseguimos superar nossa meta, adiantando em duas semanas a vacinação de mais de 80% da população adulta e agora, trabalhamos com um prazo otimista de atingir 100% até o final de setembro. Essa meta pode, com o envio de mais vacinas pelo Ministério da Saúde, ser adiantada, sem nenhuma dificuldade”, explicou Beto Preto.

O secretário aproveitou para agradecer ao esforço das equipes municipais, em acelerar a vacinação em todo o Estado. “Em nome do governador Ratinho Junior, eu gostaria de parabenizar e agradecer pelo trabalho desempenhado nos 399 municípios. O Paraná é um só, todas as ações do governo do Estado são direcionadas para cada uma das cidades, e não há dúvidas que os municípios têm feito sua parte. Pedimos que continuem e avancem ainda mais, de domingo a domingo, para que possamos, enfim, vencer essa guerra contra o vírus”.

Novos casos

A Sesa divulgou nessa sexta mais 3.423 casos e 80 mortes pelo novo coronavírus. Com isso, chega a 1.429.976 o total de infectados desde o início da pandemia, dos quais 36.633 não sobreviveram.

Quanto às mortes, tratam-se de 35 mulheres e 45 homens, com idades que variam de 30 a 96 anos. Os óbitos ocorreram de 1º de abril a 20 de agosto de 2021.