VARIEDADES

1º Congresso do Bem traz para Cascavel debates sobre a causa animal

15 de junho de 2022 às 10:10
Publicidade

 

A ONG Latidos do Bem quer fomentar o debate sobre a causa animal em Cascavel, buscando medidas efetivas para minimizar as dificuldades. Por isso, a organização traz para Cascavel o 1º Congresso do Bem, um dia todo com exposições, mesas-redondas e palestras voltadas para as pessoas que amam os animais. O evento será no dia 25 de junho, das 9h às 18h, no Teatro Municipal Sefrin Filho.

O congresso terá a participação de representantes municipais, ONG’s, protetores independentes, professores, acadêmicos de Medicina Veterinária e representantes da defesa animal vindos de todo o território nacional. Entre os palestrantes está o delegado-chefe da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, do Paraná, Matheus Laiola, que desempenha um importante trabalho contra os maus-tratos de animais. A advogada Evelyne Paludo, o coordenador regional do Depen Thiago Correia e o veterinário Rodrigo Neca também vão subir ao palco para compartilhar seus conhecimentos sobre o tema.

De acordo com a presidente da ONG, Luciana Braga, o congresso é um importante passo para o amadurecimento de uma discussão necessária para a sociedade. “O evento é para todo mundo que deseja fazer a diferença. Acreditamos que juntos podemos contribuir para um mundo melhor para todos – humanos e animais. Desejamos que o encontro seja uma fonte de novas possibilidades para Cascavel”.

A programação completa pode ser conferida no Instagram @latidosdobem. Também é possível colaborar como patrocinador do evento, entrando em contato pelos telefones: (45) 99801-5946 ou (45) 99852-3346.

Sobre as inscrições e participação de grupos
As inscrições podem ser feitas pelo site: www.sympla.com.br/congresso-animal-do-bem__1614494. O valor é R$ 20,00 ou 2 kg de ração animal. Do volume total de ração arrecadado, 500kg será sorteado entre as ONGs que trouxerem 10 ou mais participantes ao congresso.

Há também um incentivo para as secretarias municipais do Meio Ambiente que disponibilizarem vans ou ônibus para o deslocamento dos participantes: todas irão concorrer ao sorteio de 200 cones (também chamados de colares elizabetanos), 200 roupas cirúrgicas e 200 coleiras salva-cão, produzidas pela Latidos do Bem e que poderão auxiliar as ONGs de cada cidade.

Latidos do Bem
A ONG Latidos do Bem surgiu, oficialmente, em 2020, com a intenção de ajudar outras protetoras de animais independentes. O atendimento vai além de resgate de animais abandonados ou vítimas de maus-tratos e busca atuar na educação socioambiental, com foco na população mais vulnerável. A organização tem parceria com o Depen (Departamento Penitenciário do Paraná) e os apenados da PIC (Penitenciária Industrial de Cascavel) fabricam casinhas, caminhas, roupas e demais acessórios para animais. O material é repassado para animais resgatados e também é comercializado, e a renda retorna para as ações da ONG.

Assessoria

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE