O projeto Fisioterapia Desportiva da Univel esteve presente realizando atendimentos pré e pós competição a atletas advindos de 12 países

De 08 a 12 de dezembro, a cidade de Cascavel recebeu cerca de 500 atletas oriundos de 12 países, para o 12° Campeonato Sul-Americano de Kickboxing. O curso de Fisioterapia do Centro Universitário de Cascavel – Univel, participou do evento, com o intuito de oportunizar aos acadêmicos uma vivência mais próxima da realidade da profissão do fisioterapeuta na área esportiva, realizando atendimentos aos atletas profissionais e internacionais.

Para a professora de Fisioterapia da Univel, Alana Tavares, participar de eventos esportivos e competições gera experiências importantes durante a graduação dos alunos, pois oportuniza o contato direto a atletas profissionais das mais diversas modalidades esportivas. No caso de um evento internacional, também gera o contato com atletas de outras nações. “Nós atendemos aproximadamente 500 atletas de toda América do Sul e está sendo uma experiência muito legal e gratificante. Apenas no primeiro dia, realizamos mais de 90 atendimentos. O intuito da Fisioterapia Desportiva da Univel, é dar condições para o atleta desenvolver o máximo de desempenho e ajudá-los a conquistar seus títulos, seus objetivos e se superar dentro do tatame, de forma que a dor não seja um empecilho para esse atleta brilhar e buscar sua medalha”, ressalta Alana.

Para o atleta brasileiro de Kickboxing, Jonathan Matos, que veio de Fortaleza (CE) para conquistar o título de campeão do campeonato Sul-Americano, o atendimento de fisioterapia oferecido pelos acadêmicos e professores da Univel fez a diferença. “O atendimento aqui está sendo perfeito, estou aqui em tratamento e queria agradecer a todos e em especial, a fisioterapeuta que está me atendendo nesse momento, a professora Alana”, declara Jonathan.

 

Atletas internacionais

A presença do curso de Fisioterapia da Univel no evento fez toda a diferença para os atletas, mas para os acadêmicos a oportunidade de realizar os atendimentos, colocando o conhecimento em prática e atuando de forma ativa no apoio dos atletas a realizar seus objetivos e sonhos, se torna uma experiência única. Para a acadêmica Vitória Zanella, a experiência de atuar com atletas de kickboxing trouxe novos conhecimentos acerca da futura profissão.

“Está sendo uma experiência muito inovadora para a gente, nós estamos tendo muita experiência com atendimento, principalmente emergenciais porque os atletas chegam aqui muito lesionados. Atuamos na parte da prevenção, antes das lutas e no pós-competição. Está sendo de grande valia e acrescentou bastante, além da troca de experiências com os atletas internacionais e professores. Muitas coisas que a gente não tinha visto durante o curso de formação, até mesmo nos estágios, nós estamos tendo a oportunidade de vivenciar e aprender mais, com certeza vai ser importante para a nossa carreira”, destaca Vitória.

Para a acadêmica de Fisioterapia da Univel, Milena Diana, participar de campeonatos esportivos é uma oportunidade de aprofundar os conhecimentos adquiridos em sala de aula, além de lidar com os desafios, como foi no caso do evento de kickboxing em que precisou se comunicar com atletas de outros países. “Participar do evento está sendo importante porque na sala de aula a gente tem o conhecimento teórico, mas é totalmente diferente, aqui nós atuamos na prática e entendemos como funciona o atendimento.  Esse evento está sendo bem diferente, porque precisamos nos comunicar com atletas de vários países”, conta Milena.

Confraternização de fim de ano

 

A confraternização de fim de ano para as equipes de limpeza e segurança da Univel, é uma tradição e tem como propósito homenagear e retribuir o trabalho realizado, que é essencial para manter a instituição um espaço seguro, confortável e agradável para todos.  O momento contou com a presença da Ódina Silva e Dayane Silva, que aproveitaram a oportunidade para homenagear os colaboradores presentes.