Não é de hoje que a população do Bairro Santa Cruz, zona oeste de Cascavel, reclama das condições do asfalto da Rua Xavantes, uma das principais vias do bairro e que há tempos vem sendo remendada. “Eu moro há 20 anos aqui e nunca houve uma obra grande, só tapa-buracos, remendos. Em dia de chuva acumula água e fica mais perigoso. A prefeitura precisa fazer algo”, reclama o pintor automotivo Valmir Ferreira, que acrescenta: “Além de que na primeira chuva que dá a água leva os remendos embora”.

O estudante universitário Pedro Henrique do Prado pega o ônibus na frente do Colégio Santa Cruz e diz que a rua está intransitável. “Três buracos se abriram, um em cada canto do asfalto, fora que o pavimento é de qualidade péssima. Para piorar, mais dois buracos estão se abrindo”.

A vendedora Daniara de Oliveira Ferreira conta que “faz um tempão que está assim. Precisamos de obras para arrumá-la, e logo”.

A maior parte dos problemas está no trecho entre as Ruas Tinguis e Bororós.

Na lista da revitalização

O diretor da Secretaria de Obras de Cascavel, Sandro Rancy, informou que hoje (4) o prefeito Leonaldo Paranhos vai apresentar o projeto de reestruturação da Rua Xavantes para os vereadores no seu gabinete: “Dentro do Programa Avançar Cidades há essa possibilidade, não só a Xavantes, mas outras ruas estão no pacote que será votado na Câmara para conseguir empréstimo da Caixa Econômica”, explica.

Se tudo correr bem, a previsão é de lançar licitação já no primeiro trimestre de 2019.

As obras prometem dar cara nova à Rua Xavantes, tanto nas calçadas, como no asfalto. Os projetos estão prontos, faltando só alguns ensaios técnicos e o voto dos parlamentares.

O conjunto de obras na cidade passa dos R$ 30 milhões nessa nova solicitação de empréstimo (leia mais na página 3), no qual a Xavantes está incluída.