Foto de arquivo da equipe da Vigilância Sanitária de Cascavel reunida antes da pandemia

Nesta quinta-feira (5), Dia da Vigilância Sanitária (Visa), um balanço das ações realizadas pelo servidores que constituem a divisão em Cascavel, foi divulgado

Em Cascavel, as diretrizes adotadas compreendem o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária.

O trabalho da Visa ficou ainda mais evidente com a pandemia, com ações para combater o vírus e ainda manter as finalidades diárias de minimizar os riscos sanitários e manter a segurança dos produtos e serviços.

Desde início da pandemia foram mais de 9 mil inspeções relacionadas à Covid-19 em Cascavel.

Somente neste ano, 500 denúncias da população chegaram até Visa.

“Durante o enfrentamento da pandemia pela Covid-19, que começou em março de 2020, ficou evidente o impacto decisivo nas atividades da Vigilância Sanitária em prol da proteção da saúde da população”, ressalta a Gerente Vigilância Sanitária, Leyde Peder.

Além das vistorias, foram mais de 30 mil abordagens relacionadas à Covid-19, principalmente de orientações.

Leyde lembra que trabalho da Vigilância Sanitária não é apenas fiscalizador, mas tem ações diárias nas visitas técnicas a estabelecimentos comerciais, garantindo relações éticas e sanitárias entre a produção e o consumo de bens e serviços.

“O papel é prevenir e promover a saúde, garantindo que a população tenha segurança ao frequentar estabelecimentos e consumir alimentos. A Visa é muito mais de caráter de consciencializar que fiscalizador no cotidiano da população”, diz.