A continuidade da campanha Vacinação de Domingo a Domingo tem sido fundamental para o aumento no número de imunizados contra a covid-19 no Paraná.  “A abertura das unidades ou de espaços para vacinação aos sábados e domingos permite um horário adicional para levar um parente. Assim que as doses vão chegando, vamos vacinando a população e avançando nos grupos”, disse Beto Preto.
 

Neste sábado (17), o secretário acompanhou a vacinação nos municípios de Godoy Moreira, São João do Ivaí, Lunardelli, Jardim Alegre e Lidianópoilis. Na sexta (16), o secretário acompanhou a vacinação no município de Pitanga, na região central.

Os idosos de 60 a 64 anos começaram a receber as primeiras doses neste fim de semana. Segundo o Vacinômetro da Sesa, até o meio da tarde de hoje, 1.361.204 paranaenses já haviam sido vacinados.  “Estamos andando pelo Estado, por orientação do governador Ratinho Junior, e participando das ações de vacinação. São os municípios que fazem a vacinação. A vacina chegando, ela tem que ser colocada de imediato no braço dos paranaenses”, afirmou Beto Preto.

Na sexta-feira (16), a Sesa enviou mais 368 mil doses, em novo lote que chegou no Estado nesta semana. No total, já foram aplicadas 1.782.138 doses, tanto da primeira quanto para a segunda dose. O Paraná recebeu mais de 2,8 milhões de doses do Ministério da Saúde.

“A primeira dose é importante. A segunda é fundamental, porque é ela que garante o fechamento do esquema vacinal e a imunidade. Por isso, mesmo que a vacina acabe para a primeira dose, as pessoas devem ficar atentas para o dia da segunda aplicação”, reafirmou o secretário.

INFLUENZA – Em paralelo à campanha de vacinação contra a covid-19, a vacinação contra a gripe também está em andamento. No município de Jardim Alegre, houve divisão dos períodos para os públicos. “Pela manhã fazemos a vacinação contra a gripe e, na parte da tarde, já colocamos as pessoas para tomarem a dose contra a covid-19. A nossa estratégia amplia a possibilidade de atendimento e organiza a vacinação nas duas campanhas”, afirmou a secretária de Saúde do município, Sílvia Bovo Tsechuk.

O Paraná enviou mais de 664 mil doses da vacina contra a influenza. Na primeira etapa, apenas crianças de seis meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde e povos indígenas devem receber a imunização.

VEÍCULOS – A Secretaria de Estado da Saúde comprou mais de 1.300 veículos para o fortalecimento da Estratégia da Saúde da Família. Os automóveis serão entregues nas próximas semanas para auxiliar as equipes de saúde na atenção e acompanhamento ainda mais próximo da população.

“Fechamos um pacote de automóveis novos. Todos os municípios vão receber carros, numa doação feita pelo Estado. Vamos começar a entregar em breve, fortalecendo a estratégia de aproximação, de visita e busca ativa pelos profissionais de saúde das pessoas que estão doentes ou estão em tratamento”, anunciou o secretário.