O governo informou nesta nesta quarta-feira (23), a exoneração, a pedido, de Ricardo Salles do Ministério do Meio Ambiente.

No mesmo decreto, assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira (23), informa a nomeação de Joaquim Alvaro Pereira Leite para comandar a Pasta.

Ricardo Salles vinha sendo pressionado a deixar o cargo em razão de investigações de que estaria ligado a um esquema de liberação do transporte de madeira ilegal na Amazônia. Ele, inclusive, é alvo de inquérito sobre isso e teve seus celulares apreendidos.

Nos últimos dias, Salles vinha aparecendo cada vez mais ao lado do presidente e buscando apoios para a sua permanência. Sua saída, porém, já era esperada há semanas.

Matéria atualizada às 17h26