Acadêmicos residentes em Toledo, que cursam o último ano do Curso de Odontologia da UNIPAR Cascavel, escolheram o Município para realizar o trabalho de conclusão de curso. Com o projeto intitulado “Avaliação do Impacto de Orientação a Cuidadores Sobre a Higiene Oral de Pacientes Acamados na Cidade de Toledo – PR” conquistaram o 1º Lugar na Categoria Pesquisa Científica no XIV Congresso de Odontologia da Unipar e XX Jornada Odontológica da Unipar, XV Fórum Pedagógico do Curso de Odontologia e XV Fórum do Egresso do Curso de Odontologia da Unipar Cascavel, realizados no período de 22 a 24 de outubro de 2018.

Para a realização do trabalho, os acadêmicos Eduardo Benassi, Guilherme Correia e Daniela Faglione Ceranto visitaram 63 residências nos bairros Vila Industrial, Jardim Porto Alegre, Jardim Coopagro e Centro. O projeto previu duas visitas em cada uma das residências. Na primeira visita, avaliaram a situação bucal dos pacientes acamados, passaram instruções de higiene oral aos cuidadores e falaram sobre a importância da saúde bucal para a prevenção de doenças e melhora da qualidade de vida.

Na segunda visita, auxiliaram nas dificuldades dos cuidadores e avaliaram o resultado da ação. Dos 63 pacientes avaliados, 28 necessitam de tratamento odontológico e estão sendo inseridos no fluxo de atendimento da UBS de referência. Caso houver necessidade serão encaminhados para atenção especializada.

A Coordenadora de Saúde Bucal de Toledo, Juciliane Cesaro, destacou a importância da pesquisa científica. “O projeto é de grande relevância para os usuários do serviço público no município, considerando a dificuldade de acesso desses pacientes aos serviços de saúde. Levando um novo olhar aos cuidadores sobre a importância da saúde bucal para a prevenção de outras enfermidades, trabalhando a promoção e prevenção, a integralidade, a humanização, consideramos que o projeto contribuiu de maneira significativa no resgate da dignidade de cuidadores e pacientes acamados”.

Outro ponto que considerou importante foi a integração ensino-serviço, “a articulação e a aproximação da educação e da saúde é necessária para que transformações sejam possíveis frente a realidade sócio-epidemiológica do Brasil e assim  contribuam para a consolidação do SUS”, acrescentou a coordenadora.

Além de levar o primeiro lugar, o projeto recebeu a Menção Honrosa pela Unipar durante os eventos realizados pelo Curso de Odontologia da instituição.