Título paranaense consagra o ano de conquistas do Marechal

A vitória em Ponta Grossa fez o Marechal Futsal terminar o Estadual com a melhor campanha, com 72 pontos

Mal. Rondon – Campeão paranaense com a melhor campanha da Série Ouro 2016, feito alcançado com as duas vitórias na decisão do título com o Ponta Grossa, o Marechal Futsal pode dizer que teve uma temporada histórica, afinal, foi também o terceiro colocado da Liga Nacional e levou os jogadores Barbosinha e Deivd e supervisor técnico Eduardo Santana para a seleção brasileira este ano.

brde2

Para o técnico Paulinho Sananduva, as conquistas vão muito além de vitórias. “Foi um ano muito bom, não só de resultados. Além do título e dos ótimos jogos que fizemos, conseguimos resgatar a confiança do time e do torcedor rondonense. Fizemos um planejamento gigantesco no início da temporada, e esse planejamento deu muito certo. Fomos campeões da competição merecidamente, tanto que na final conquistamos duas vitórias sem tomar nenhum gol. Isso mostra a nossa capacidade e o nosso mérito na competição”, destaca o treinador, que já renovou contrato para seguir em Marechal em 2017.

No jogo derradeiro da decisão da Série Ouro 2016, na noite de segunda-feira, em Ponta Grossa, o time rondonense poderia até empatar, por ter vencido o jogo de ida por 2 a 0. Entretanto, voltou a triunfar, dessa vez por 1 a 0, com gol contra de Marinho. E para comemorar com o torcedor rondonense, que tanto incentivou a equipe este ano, os jogadores comemoraram o título com uma carreata que percorreu, ontem, as principais ruas de Marechal. Tudo para mostrar o troféu conquistado este ano, repetindo os feitos de 2009 e 2013.

Melhor campanha

A vitória em Ponta Grossa fez o Marechal Futsal, que até então estava atrás do adversário na classificação geral do campeonato, terminar o Estadual com a melhor campanha, com 72 pontos (21 vitórias, seis derrotas e nove empates, com 103 gols marcados e 59 sofridos em 36 jogos). Já o Ponta Grossa somou 71 pontos (21 vitórias, sete derrotas e oito empates, com 107 gols marcados e 61 sofridos em 36 jogos). Sensação do futsal paranaense nos últimos anos, o Marreco/Francisco Beltrão foi a terceira força do Estado este ano, ao somar 60 pontos, um a mais que o atual bicampeão Guarapuava, que terminou com 59 pontos. Já o tradicional Umuarama foi o quinto colocado na pontuação, fechando o top 5 da elite do salonismo paranaense com 54 pontos.

JK

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação