Sorrisos sem fim

Fabiana Bonatto Paes - Nascimento: 04/02/1985 - Falecimento: 22/08/2019

Um amplo sorriso no rosto e bons conselhos para dar. É assim que Fabiana Bonatto Paes é lembrada pela amiga Marines Kottwitz. As duas se conheceram quando tinham 15 anos. A amizade delas surgiu nos corredores do Colégio Eleodoro, em Cascavel. Desde então, foram 19 anos de memórias criadas em conjunto.

Uma das maiores características de Fabiana era sua amorosidade. “Ela era muito espontânea, sempre com um sorriso estampado no rosto e com uma palavra de amor, de positividade, para compartilhar nos momentos de dificuldade”, cita Marines.

Fabiana era natural de Cascavel e trabalhava em um escritório de advocacia.

Histórias

A amizade entre Fabiana Paes e Marines Kottwitz rendeu muitas histórias boas. Marines separa duas que considera um pouco mais especiais: “Uma das lembranças mais felizes que tenho com ela foi quando eu estava aprendendo a dirigir e ela me apresentou um amigo, o Leonardo, que já dirigia. Nós íamos todos os dias até uma estrada de chão para treinar. Dessa amizade, o Leonardo e eu começamos a namorar”.

A segunda lembrança tem um peso emocional ainda maior: “Nós estávamos comemorando a virada do ano e eu, jovem, bebi muito e passei mal. A Fabiana me levou para o hospital e, como a grande amiga que sempre foi, ficou ao meu lado o tempo todo”.

 

A despedida

A morte de Fabiana Paes pegou a todos de surpresa. Era uma pessoa saudável. Ela sofreu um aneurisma na manhã da última quinta-feira (22), e não resistiu. A amiga Marines Kottwitz conta que Fabiana estava saindo de casa para trabalhar quando começou a passar mal. Ela chegou a pedir ajuda para a irmã, mas nem chegou a ser levada para o hospital, pois foi fulminante.

Fabiana deixa as filhas Amanda e Bia e o marido, Jairo Paes, além de familiares e muitos amigos.

 

 



Fale com a Redação

três + 12 =