A segunda etapa do Turismo Nacional, disputada sábado e domingo, no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel, foi bastante movimentada. Cascavel foi representada por cinco pilotos.

Guilherme Sirtoli foi o único cascavelense a vencer uma prova. Com um Volkswagen Gol, ele ganhou a quarta prova da Classe A, disputada no fim da tarde de domingo.

Depois de problemas com o motor que o impediu de fazer o treino classificatório na sexta-feira, Sirtoli foi 11º na prova 1, 17º na segunda e sétimo na terceira. Ele correu sozinho por Miju Júnior precisou retornar a Santa Catarina em função do falecimento de um parente.

Miguel Beux teve boa performance na Classe A, competindo com o Chevrolet Onix. Ele foi 12º na prova 1, oitavo na 2; e quinto na terceira e quarta. Caíto Carvalho, com o Peugeot 208, abandonou a Prova 1; foi 11º na segunda; e oitavo na terceira e quarta.

Lorenzo Massaro estreou em competições nacionais disputando a Classe B com um Chevrolet Onix. Ele foi 13º na terceira prova e abandonou as outras três.

Leandro Zandoná

Único piloto a competir com um Renault Sandero, Leandro Zandoná teve um fim de semana trágico na Classe Super. Ele teve o motor quebrado na prova 1, quebrou a embreagem na segunda; a embreagem patinando na segunda o obrigou a abandonar a prova 3 e o motor quebrou na quarta.

Crédito: Vanderley Soares