Foz do Iguaçu – Policiais federais realizavam ação de rotina de fiscalização e controle ao longo da BR-277, quando abordaram uma van da Prefeitura de Ramilândia destinada ao transporte de pacientes da saúde entre aquela cidade e Foz do Iguaçu.

No interior do veículo foram encontrados quatro volumes contendo produtos eletrônicos que não tinham documentação legal. Alguns produtos estavam escondidos em caixas térmicas lacradas que simulavam conter vacinas ou remédios controlados sob refrigeração.

Para os policiais o motorista de 34 anos relatou que receberia R$ 100 para levar a mercadoria até um ponto depois do posto de fiscalização da PRF. Ele é concursado da prefeitura.

Conduzido à Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu, o motorista foi autuado em flagrante por peculato e descaminho e colocado à disposição da Justiça. A carga foi apreendida e o veículo oficial devolvido ao Município.

De acordo com a Prefeitura de Ramilândia, a Van é da Secretaria de Saúde do Município e era conduzida pelo servidor Nelson Pereira da Silva. A prefeitura iniciou procedimento administrativo para apurar os fatos, dará o direito à defesa do servidor, que poderá ser exonerado dependendo do resultado da investigação.