Publicidade

COTIDIANO

Saúde “convoca” doares para manter estoque de sangue durante Carnaval

09 de fevereiro de 2024 às 08:59
Hemepar, doação de sangue Foto Gilson Abreu
Publicidade

Curitiba – Os estoques de sangue das 22 unidades do Hemepar (Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná) diminuem nos feriados, sendo que nestes períodos a demanda de 384 hospitais públicos, privados e filantrópicos do Estado aumenta, especialmente em função da alta no número de traumas. Para garantir que essa distribuição se mantenha equilibrada, a Secretaria de Estado da Saúde reforça a necessidade de doações de sangue.

“Historicamente a demanda por sangue aumenta nos feriados, devido ao crescimento no número de traumas e por isso convocamos os paranaenses, que são sempre solidários às causas da saúde, para que agendem a sua doação e ajudem a continuar salvando vidas”, disse o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

O Hemepar ressalta que, devido à validade das bolsas de sangue, e também visando um atendimento mais rápido, é importante que os doadores agendem com antecedência. Esse agendamento pode ser feito online no endereço (saúde.pr.gov/doação). O Hemepar é responsável pela coleta, armazenamento, processamento, transfusão e distribuição de sangue para 384 hospitais públicos, privados e filantrópicos que atuam em todas as regiões do Paraná. É uma entidade sem fins lucrativos e atende à demanda de fornecimento de sangue e hemoderivados do Estado graças às doações dos voluntários.

No Oeste, unidades do Hemepar para coleta no feriado terão a seguinte programação: 9ª RS – Foz do Iguaçu: 12 e 14 aberto e dia 13 fechado; 10ª RS – Cascavel: 12 e 14 aberto e dia 13 fechado; 20ª RS – Toledo: 12, 13 e 14 fechado para coleta

Números

Em 2023, toda a Rede do Hemepar registrou 189.572 doações, numa média de mais de 15,7 mil doações por mês. Este ano, em janeiro, foram registradas 17.515 doações, e nos quatro primeiros dias de fevereiro, 2.094. “No processo de doação de sangue são captados em média 450 ml a 470 ml e cada bolsa pode ser fracionada em até quatro hemocomponentes que são as hemácias, plaquetas, plasma e crioprecipitado, que é um plasma fresco congelado. Sendo assim, cada bolsa pode ajudar a salvar até quatro vidas”, disse a diretora do Hemepar, Vívian Patrícia Raksa.

Quem pode doar?

Para doar é preciso ter entre 16 a 69 anos completos, pesar no mínimo 51 quilos, ter boa saúde, estar bem alimentado, hidratado e apresentar um documento de identidade com foto. Os homens podem doar sangue a cada dois meses, quatro vezes ao ano. Já as mulheres, a cada três meses, numa máxima de três doações ao ano.

Foto: AEN

 

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE