O Rali dos Sertões começa hoje, quando será dada a largada da 26ª edição da competição em Goiânia. A chegada será no próximo dia 25 no Aterro da Praia de Iracema, em Fortaleza, depois de uma jornada de 3.607 quilômetros pelos estados de Goiás, Bahia, Piauí e Ceará.

A competição passará por municípios como Formosa (GO), Posse (GO), Luís Eduardo Magalhães (BA), Barra (BA), São Raimundo Nonato (PI) e Juazeiro do Norte (CE) até chegar a Fortaleza.

Briga de família

Em briga de família não se intromete. E com a “Família da Poeira”, a mais tradicional e competitiva do off-road brasileiro, é bem assim. O veterano bicampeão mundial e do Rali dos Sertões Reinaldo Varela (Can-Am/Divino Fogão/Arisun/Blindarte/Norton) vai correr a partir de hoje pela primeira vez de UTV “contra” os seus filhos Rodrigo, Gabriel e Gustavo, e a rivalidade começou em casa. “Na reunião que fizemos em casa já houve muita discussão. Até que o meu pai foi separar alguns itens para a gente viajar e, para não ter mais briga, dividiu assim para cada filho: esse é pra você, esse é pra você, esse é pra você e esses dois são pra mim, e assim por diante”, gargalhou Bruno Varela, o caçula de 22 anos e atual campeão do Rali dos Sertões na categoria UTV.

Atual campeão do Rali Dakar na categoria UTV, Reinaldo Varela vai usar de toda a sua experiência de mais de 350 provas no off-road para tentar a sua primeira vitória com o Can-Am Maverick X3 no Sertões 2018. “Os meus filhos são jovens, cheios de preparo físico e são bons no que fazem, todos têm título de campeão brasileiro. Por isso evitei um confronto direto com eles, mas, como vou defender o título no Dakar, nada melhor que enfrentar o rali mais duro do Brasil e os melhores pilotos de UTV da América do Sul”, acredita o piloto de 59 anos de idade.