A Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) desenvolveu uma ação para reciclagem de óleo de cozinha usado e descarte do produto material sem prejudicar o meio ambiente. A iniciativa foi implementada pelo Programa de Educação Tutorial dos cursos de Engenharia Ambiental e Engenharia Florestal (PET Engenharias), no Campus de Irati, no centro-sul paranaense.

Para viabilizar a instalação do ponto de coleta, a instituição de ensino superior contou com o apoio do Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi) e da Preserve Ambiental, empresa que atua na área de sustentabilidade. Essa empresa vai recolher os resíduos quinzenalmente e providenciar a destinação correta do material, de acordo com os padrões e as normas legais de preservação ambiental.

A professora Daniele Ukan, coordenadora do PET Engenharias, afirma que, por desconhecimento, muitas pessoas descartam o óleo de cozinha na pia, no ralo e no vaso sanitário, o que é prejudicial ao meio ambiente. “O óleo misturado com água obstrui as tubulações das redes coletoras de esgoto e pode ocasionar problemas nas estações de tratamento, o que encarece o preço da água distribuída para as residências”, explica.

NOVO PRODUTO – Doutora em Ciências Florestais, ela diz que o recolhimento adequado do óleo vegetal evita a contaminação das águas dos rios e contribui para a preservação da natureza e das condições de vida de todos os seres. “Cada litro de óleo descartado na pia, por exemplo, pode contaminar até 20 mil litros de água”, diz a professora. O material, destaca, pode se tornar um novo produto quando descartado corretamente.

Depois de passar pelo processo de reciclagem na empresa parceira, 95% das substâncias oleosas são comercializados para a indústria de biodiesel – importante fonte de energia limpa e sustentável. Já o restante dos resíduos é transformado em sabão ecológico.

As pessoas que participarem dessa ação voluntária receberão uma barra de sabão ecológico para cada litro de óleo deixado no ponto de coleta. O projeto contempla, ainda, o reaproveitamento do óleo utilizado no Restaurante Universitário do Campus da Unicentro em Irati.

SUSTENTABILIDADE – Para a estudante de Engenharia Ambiental, Fernanda Naiara Voinarski, a iniciativa é importante para conscientizar a comunidade universitária em relação a atitudes sustentáveis. “Esse projeto contribui para a preservação do meio ambiente, principalmente diante da atual crise hídrica, considerando que a água é um dos recursos mais afetados pela destinação incorreta de óleo”, salienta.

A iniciativa da Unicentro envolve vários Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU): saúde e bem- estar; água potável e saneamento; cidades e comunidades sustentáveis; consumo e produção responsáveis; vida na água; vida terrestre; e parcerias e meios de implementação.

ARMAZENAMENTO – Quaisquer gorduras (com exceção de óleos usados em motores automotivos) podem ser descartadas no ponto de coleta da universidade. Os resíduos não precisam ser peneirados e devem ser armazenados em recipientes, preferencialmente de plástico, como garrafas PET e embalagens de detergente, sabão líquido e amaciante de roupas. Não é recomendável usar embalagens de vidro, pois podem se quebrar durante o transporte.

SERVIÇO
Unicentro – Campus de Irati (Rua Professora Maria Roza Zanon de Almeida, s/n – Engenheiro Gutierrez)
O ponto de coleta de óleo de cozinha usado foi instalado próximo à entrada do Auditório Denise Stoklos.

(AEN)