Polícia diz que é preciso de informação para que corpos de casal sejam encontrados

Casal está desaparecido há seis semanas

O desaparecimento do casal Kawane Cleve, 23, e Rubens Biguetti Junior, 29, completou seis semanas e a localização dos corpos ainda é uma incógnita para a polícia.

Unimed

O casal está desaparecido desde o dia 3 de agosto, data em que o filho deles, de quatro meses de idade, foi encontrado abandonado na frente de uma residência no Jardim Curitiba em Goioerê. No dia seguinte o carro do casal foi encontrado todo queimado na zona rural de Moreira Sales.
Desde lá foram realizadas buscas intensas, com a utilização de cães farejadores, helicóptero e até com forças especiais da Polícia Civil, mas nenhuma pista sobre os corpos.

Uma mulher – Suziane dos Santos – foi presa por suposta participação no crime. Ela, no entanto, nega e diz que não sabe onde estão os corpos do casal.

O delegado que está cuidando do caso, Adailton Ribeiro Junior, diz que para que os corpos sejam encontrados é preciso de informação, e “pode ser até que os corpos nunca sejam encontrados, como aconteceu no caso de Elisa Samudio e o goleiro Bruno”.

Adailton pondera que passado o ímpeto inicial, agora se busca trabalhar com pistas, informações, uma vez que a área com potencial de buscas é muito grande e é impossível fazer uma varredura.

“Estamos aguardando alguma informação concreta e isso pode demorar ou podem nem acontecer, mas mesmo assim esperamos que os envolvidos neste crime sejam julgados e condenados” – salientou o delegado Adailton Ribeiro Junior.

Fonte: Goionews

Unimed

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação