A Polícia Civil de Goioerê prendeu nesta terça-feira (1) uma mulher por envolvimento com o desaparecimento do casal Kawane Cleve, 23, e Rubens Biguetti Junior, que foram vistos pela última vez no dia 3 de agosto.

A prisão preventiva de Suziane Silva, de 23 anos foi decretada por envolvimento no crime. A jovem que já estava presa por tráfico de drogas pode permanecer na cadeia por mais 30 dias.

Segundo o delegado Adailton Ribeiro Junior, responsável pelo inquérito, não há dúvidas da participação dessa mulher no desaparecimento do casal.
Com a prisão temporária da mulher, a Polícia Civil entra em pontos mais concretos sobre o desaparecimento de Kawane e Rubens.

O delegado ainda deve ouvir outras pessoas para chegar aos demais participantes do sequestro e suposta execução do casal.

A prisão de um advogado da cidade também teria envolvimento com o desaparecimento do casal.

Buscas pelos corpos

A Polícia Civil está em busca de informações e imagens para reconstruir os últimos passos do casal.

De acordo com o delegado Adailton Ribeiro Junior, “A mãe conversou com o filho pouco depois das 18h. Depois a criança foi encontrada perto das 21h. Precisamos saber o que aconteceu nesse intervalo. Se soubermos o trajeto, o roteiro feito avançaremos nas investigações” explicou o delegado.
Questionado sobre a participação de outras pessoas na possível execução do casal, o delegado disse que as investigações estão sendo realizadas em sigilo.
Fonte: Goionews